O pastor é meu

“O senhor é o meu pastor; de nada terei falta.”
Salmo 23.1

O Salmo 23 é escrito por alguém que está na dimensão comunitária e coletiva do rebanho. É um entre tantos. Porém, sua referência de cuidado do pastor é pessoal e relacional. O pastor é Dele e não de todos. Embora o Senhor exerça seu pastoreio em todos nós, nossa experiência com ele deve ser intima e individual. Ele cuida de mim. Deus não cuida de um grupo, de uma multidão ou de um rebanho, ele cuida de pessoas com nome, particularidades, rotinas, problemas, qualidades, dores e afetos. Possivelmente o autor deste salmo o escreve em meio a um ambiente de privação, ambiente este que sabemos ser extremamente íntimo, afinal, o que é privação pra mim, pode não ser pra você. Pois bem, é nesta circunstância que o autor descobre que na relação de cuidado com Deus, ele, embora privado de liberdade e questões essenciais, não tem de experimentar o medo de não ser suprido em suas necessidades vitais. Deus é este pastor que neste “mundaréu” de gente, não deixa de perceber uma só mão que toca em suas vestes e clama em seu nome.

Anúncios
Esse post foi publicado em Devocionais sobre o Salmo 23. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s